Javascript é mais serio do que você imagina.

6

Julho 24, 2013 por Firmino Changani

JavaScript-logo

Nunca pensei que houvesse necessidade de abordar esse assunto dentro da comunidade angolana de desenvolvedores web, sempre pensei que o acesso fácil a informação já era suficiente para moldar a visão que muitos programadores têm sobre o Javascript.

A ideia de escrever este artigo surgiu depois de uma conversa com meu dude Doriel Fonseca que foi gozado ao falar de Javascript e obrigado a ouvir frases do tipo “Javascript é linguagem para fazer menus, PHP é o rei”.

VAMOS ABRIR ESSAS CABEÇAS

137796003_640

Se você se acha uma pessoa que programa para a web e ainda pensa que Javascript só server para criar menus drop down então isso significa que você ficou parado no tempo ou simplesmente não sabe como é que a web funciona actualmente.

Não sabe o que o Google e o Facebook fazem para lhe apresentar os resultados instantaneamente sem precisar de dar um enter ou click. Você que diz que o JS só serve para validar formulários já se perguntou como é que funciona um simples chat online? Como é que determinada interface muda ao movimento da barra de rolagem?, como é que algumas redes sociais apresentam uma mensagem quando não a conexão de internet sem actualizar a pagina? Como é que algumas apps do windows 8 foram construídas?

Programando claro! Se você respondeu assim, não estas errado mas todos as questões apresentadas acima tem Javascript como resposta ou parte dela.

COMPLEMENTO DO BACK-END

Eu considero Javascript uma linguagem complementar do back-end porque com ela podemos resolver as limitações que as linguagens do back-end. Limitações como assim? Pois é, limitações, actualmente tempo real na web refere-se a capacidade que um site ou web app tem para comunicar com o servidor sem a necessidade de um refresh, ou seja actualização para obter resposta com o servidor.

Com complemento eu quero dizer que ricas aplicações web que necessitam de dar resposta ao utilizador em tempo real precisam do Javascript para fazer o que as linguagens de back-end não fazem.

fig29_01_0

A imagem acima ilustra dois ciclos de requisição feitas pelo browser, sendo que o primeiro é o tradicional onde a cada requisição http o servidor retorna os dados vindos da bd e os ficheiros normais .html, .css e .js, nem que queiramos ver se um mail já chegou a nossa caixa de correio este processo é feito novamente. Já no segundo modelo as requisições são feitas por meio da técnica AJAX (Javascript Assíncrono e XML), onde apôs a primeira requisição, o servidor apenas passará retornar os dados da bd, não mais sendo necessário enviar os ficheiros .html, .css e .js ao browser, um exemplo disso é o Gmail  que mesmo sem nós atualizarmos a pagina ele notifica-nos quando há um novo mail na inbox. Não percebeu o exemplo? Tá bem. Você atualiza a pagina do facebook para ver se há uma mensagem nova no chat ou uma notificação? Sim atualizo. Opa, eu não me referia ao 0.facebook. Annnnnh, sim não atualizo. Isto acontece graças ao Javascript.

notification

CLIENT E SERVER SIDE É COMIGO

Mesmo somente a funcionar no cliente side o Javascript provou ser uma linguagem muito poderosa, mas aí uns JEDI’s decidiram usar o motor V8 Javascript do Go…Não! não é de carros que eu vou falar. Como eu estava a dizer eles decidiram usar o motor V8 Javascript que o Google usou no Chrome e umas centenas de linhas de códigos em C++ e criaram o NodeJs, uma plataforma que permite aos desenvolvedores criarem aplicações rápidas e escaláveis. Em outras palavras é Javascript para Server-side. Não percebi. Isso quer dizer que o que você fazia em PHP, Ruby ou Python pode ser feito com Javascript e ++.

Como assim ++? Pois é, ++ vou falar disso no outro post com o titulo: Javascript ***************b. Não posso revelar o titulo ainda.

A SUA CABEÇA NÃO ABRIU

Sem problemas, mais tarde ou mais cedo você irá encarar a realidade, mas o ponto é que esta linguagem já deixou de ser pequena a muito tempo, e a Web moderna muito depende dela assim também como depende do PHP, Ruby ou Python.

Anúncios

6 thoughts on “Javascript é mais serio do que você imagina.

  1. Dude.. Certíssimo,. É very importante respeitar o JS.

  2. Ramon William diz:

    Muito bom esse post! só a sim percebi o quanto meu ponto de vista sobre JS limitava-se apenas ao Client side.

  3. Sensacional esse post! Parabens!

    E isso é só a ponta, ainda não vi nada que o javascript não faça. Recentemente ví que da até pra fazer app pra celular com js, html e css.

    Estou falando do phonegap pra quem não conhece, vale a pena dar uma olhada.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: